Ter uma boa saúde bucal é essencial para pessoas de qualquer idade, seja criança ou adulto. Todos os ciclos da nossa vida necessitam de precauções diferentes e, sendo assim, é necessário ficar atento. E, ao mesmo tempo que os pequenos correm mais risco de terem cáries por comerem guloseimas, os adultos precisam cuidar com a deterioração dos dentes conforme o avanço da idade, por conta da redução óssea.

O que é ter uma boa saúde Bucal?

Hálito puro e sorriso saudável é a consequência de uma ótima higiene bucal. Isto quer dizer que, com uma saúde bucal adequada:

  • Seus dentes ficam limpos e livres de resíduos alimentares;
  • A gengiva nunca sangra nem sequer dói ao longo da escovação e o uso do fio dental;
  • Você dá tchau ao mau hálito.

O que isto quer dizer para minha saúde bucal?

Isto quer dizer que a boca desempenha importantes papéis que repercutem na saúde de todo o nosso corpo. Além de adotar um papel essencial na fala, mastigação e respiração, a boca é a maior cavidade do corpo a ter contato direto com o meio ambiente, sendo o caminho de entrada de bactérias e mais microrganismos prejudiciais à saúde. Ter uma boa higiene diminui os perigos e o desenvolvimento de complicações bucais e dentários. Também é fundamental destacar que doenças na boca possuem relação direta com cigarros, o uso de bebidas alcoólicas, a má refeição e o mau cuidado na hora da higienização. Pesquisas científicos também afirmam que a saúde bucal possui íntima relação com a saúde geral de nosso corpo, uma vez que a boca interage com todas as estruturas do organismo. As más condições de higiene bucal são capazes de provocar doenças, que, por sua vez, podem provocar a enfermidades (ou agravá-las), especialmente doenças cardiovasculares e diabete.

Os problemas mais comuns na boca:

  • Cárie: desagregação do dente provocada pela higiene inadequada, consumo de doces e carboidratos ou, também, por problemas de outras doenças que diminuem a quantidade de saliva na boca. (Exemplo: gente em tratamento quimioterápico ou radioterápico para o câncer);
  • Mau hálito: possui diversos motivos, dentre elas: higiene bucal inadequada (ausência de escovação adequada e ausência do uso do fio dental); gengivite; consumo de certas comidas como, alho ou cebola; cigarro e bebidas alcoólicas; boca seca (causada por certos remédios, por distúrbios e por menor fabricação de saliva ao longo do sono); doenças sistêmicas como câncer, diabetes, complicações com o fígado e rins;
  • Gengivite: inflamação da gengiva provocada pela placa bacteriana;
  • Placa bacteriana: é o conjunto de bactérias que coloniza a cavidade bucal. A placa bacteriana aloja-se especialmente nas regiões de difícil higienização, como a região entre a gengiva e os dentes ou a superfície dos dentes de trás, provocando cáries e produção de tártaro.
  • Tártaro: é a inflamação da gengiva provocada pela placa.

Como Garantir Uma Boa Higiene Bucal?

Cuidados Para Uma Ótima Saúde Bucal

Uma boa higiene bucal é uma das medidas mais importantes que você pode adotar para preservar seus dentes e gengiva. Dentes saudáveis não apenas contribuem para que você tenha uma ótima aparência, mas são extremamente essenciais para que você possa falar bem e mastigar de modo correto os alimentos.

preservar uma boa saúde bucal é fundamental para o bem-estar das pessoas.

Vejamos Alguns Cuidados Para Ter Uma Ótimo Saúde Bucal

  • Escovar os Dentes:

Parece claro, porém várias pessoas esquecem essa missão básica e diária ou escovam os dentes apenas um pouco antes de dormir. O certo é escovar os dentes no mínimo 3 vezes ao dia e mais uma antes de dormir. Se você possui filhos, acostume as crianças com este comportamento a partir de pequenos para que entendam a importância de ter uma boa higiene bucal a partir do berço.

  • Escovação da Maneira Correta:

Não basta somente escovar os dentes de qualquer maneira, assim você nunca terá um sorriso bonito e saudável, é necessário realizar isto da forma correta, escovar os dentes todos os dias, depois de cada alimentação e também uma última vez antes de dormir, usando uma escova de dente de tamanho apropriado, com cerdas macias e creme dental com flúor.

Não pressione demais a escova sobre os dentes e procure realizar movimentos circulares e não somente retos. Ao esfregar muitos os dentes em uma única direção, acontece que você pode estar ajudando acelerar o processo de redução do esmalte dentário que protege o osso. O ideal é escovar de forma leve, com diferentes movimentos e sem esquecer de nenhuma aresta da boca.

A complementação da escovação pode ser feita passando o fio dental em todos os dentes.

Vejamos um exemplo de uma escovação correta:

Escovação Correta dos Dentes

  • Coloque a escova em um ângulo de 45 graus em relação à gengiva. Movimente a escova, afastando-a da gengiva.
  • Escove delicadamente as partes internas, externas e de mastigação de cada dente com movimentos curtos de atrás para frente.
  • Com cautela, escove a língua para remover as bactérias e purificar o hálito.

Também é importante aproveitar os momentos da escovação dos dentes para verificar se há lesões (manchas, caroços, inchaços, placas esbranquiçadas ou avermelhadas, feridas), especialmente na língua, bochecha, lábios, céu da boca, por baixo da língua ou na garganta. As lesões bucais mais comuns são feridas provocadas por próteses removíveis (dentaduras), aftas, herpes labial e inflamações gengivais. Todas estas são benignas. No entanto, em alguns casos, o câncer pode acontecer na boca.

Se você possui mais de 40 anos de idade, é ou foi usuário constante de cigarros e bebidas alcoólicas. Se achar qualquer dano procure um especialista de saúde para realizar um exame preventivo para o câncer de boca.

O exame é visual, veloz e indolor. No momento em que o câncer é diagnosticado logo que surge, ele pode ser curado com mais facilidade.

  • O uso do fio dental:

Uma necessidade que vários indivíduos esquecem é de passar o fio dental. Ele serve para remover os resíduos de alimento que acumulam entre um dente e o outro e a escova não alcança.

No momento em que não há a prática do uso do fio dental ou no momento em que o usuário esquece de passar nos dentes de trás, por exemplo, o acúmulo de restos de alimento pode provocar inflamações na gengiva.

Essa complicação pode se tornar bastante grave com o tempo e, por isto, é primordial usar o fio dental todos os dias. Utilize toda vez que escovar os dentes, especialmente se tiver ingerido alimentos como carne que grudam com mais facilidade nos dentes.

Como utilizar o Fio Dental da forma certa

Como Utilizar o Fio Dental Corretamente

  1. Use mais ou menos 40 centímetros de fio, deixando um pedaço livre entre os dedos;
  2. Siga, com cautela, as curvas dos dentes;
  3. Assegure-se de limpar além da linha da gengiva, porém não force demais o fio contra a gengiva.
  • Faça Consultas Periódicas:

Preservar uma certa amizade com o dentista, isso é decisivo para quem se preocupa com os dentes e consequentemente com a saúde do corpo, uma vez que tudo está relacionado.

Realizar um check-up a cada seis meses para verificar se tudo está correndo certo é algo muito importante, ainda que a maior parte das pessoas frequentem o dentista no momento em que alguma dor aparece. Procure realizar ao menos duas consultas por ano para acompanhar possíveis complicações dentárias que possam surgir repentinamente.

  • Cautela com os Doces:

Os doces são vilões que podem resultar grandes prejuízos tanto para o organismo quanto para os dentes. Embora o problema exigi mais precauções na infância, os doces estão sempre fazendo parte da vida adulta, o que faz com que também mereçam atenção na hora de cuidar da saúde bucal. Nunca durma sem escovar os dentes depois de ingerir doces e procure constantemente não deixar resíduos de açúcar por muito tempo nos dentes. O mais recomendado é consumir doces, como balas, café ou mel, logo depois da refeição principal.

  • Cuidados com a alimentação:

A alimentação está bem relacionada com a saúde bucal e pode aumentar a sua qualidade de vida, uma vez que a nutrição dos alimentos pode garantir um melhor fortalecimento ósseo e mais durabilidade da arcada dentária.

Conforme a idade vai aumentando, ingerir alimentos ricos em cálcio, por exemplo, se torna essencial para adiar o processo de redução óssea.

Além disso, toda vez que escovar os dentes, examine-se e veja se encontra anormalidades, especialmente se você faz o consumo de bebidas alcóolicas e tabacos, como mencionamos acima. É melhor prevenir do que remediar!

  • Atenção as Dores de Dente:

As dores nos dentes costumam ser o principal indicio do surgimento de cáries e outros problemas. Não ignore quando aparecer qualquer dor e não hesite em realizar uma consulta com o seu dentista. Independente do problema localizado é possível tratar com uma solução mais tranquila se for descoberto com antecedência, enquanto que o dano é maior no momento em que o paciente acaba deixando para segundo plano.

  • Limpeza nos Dentes:

Uma limpeza completa nos dentes precisa ser realizada pelo menos 2 vezes ao ano para garantir proteção completa e ótima saúde bucal. Ao realizar consultas para fazer check-up, agende também uma limpeza nos dentes com o seu dentista e não esqueça de pegar algumas dicas com o especialista para cuidar melhor dos dentes e proteger-se do surgimento de doenças.

  • Usando Aparelho:

Embora ser visto por vários como um instrumento para corrigir problemas estéticos, o fato é que o uso do aparelho pode ir além, ele também diversos benefícios. Quem não possui uma mordida adequada poderá ter problemas com a mastigação com o tempo e, em alguns casos, é possível até mesmo que apareçam complicações graves, como dificuldade de abrir a boca.

Se o Dentista te orientar a usar aparelho, cogite a capacidade especialmente se envolver a saúde bucal. Ainda que haja um receio estético, o ideal é que a posição dos dentes lhe ofereça uma mordida correta.

  • Tenha um Plano Odontológico:

Por fim, a maneira mais simples de cuidar da saúde bucal é por meio de um plano odontológico de qualidade. Os planos especiais para a saúde bucal são mais baratos e incluem diversos serviços e tratamentos que são capazes de sair caro para quem não possui um plano.

Além de ser mais em conta, você protege seus dentes com um bom atendimento odontológico.

Então para manter um sorriso bonito e saudável, você já sabe o que fazer!

O Ponto de Saúde possui um banco de dados com os melhores profissionais cadastrados para cuidar de seus dentes, clique aqui e confira nossa lista.

Saúde Bucal: Principais Cuidados com os Dentes
5 (100%) 4 votes

Faça um comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu Nome